Roteiro dos sonhos: conheça as belezas de Viña Del Mar, no Chile

Você sabia que nem é preciso ir tão longe para fazer uma viagem maravilhosa? Pensando em um bom roteiro turístico aqui por perto, na América do Sul, Viña Del Mar, no Chile é, sem dúvida, uma excelente opção. Quer saber por que deve escolher especificamente esse destino? Então confira agora mesmo alguns dos encantos desse lugar pra lá de especial:

Variedade chilena

O Chile é um pedacinho do primeiro mundo logo aqui do lado, muito bem cuidado e organizado, com uma infraestrutura simplesmente incrível. Apesar de parecer pequeno, o país oferece as mais diversas experiências, indo desde o Deserto do Atacama, passando pelos belíssimos cenários dos Lagos Chilenos e de seus vulcões, até chegar à exótica Patagônia, com suas impressionantes geleiras. Sua capital, Santiago, é um ponto de conexão entre destinos nevados e vinícolas com charmosas cidades litorâneas, como Viña Del Mar e Valparaíso.

Charme do litoral

Muito perto de Santiago, a apenas 120 quilômetros de distância, Viña Del Mar é uma cidade litorânea muito charmosa e com ótima estrutura turística, podendo ser visitada em qualquer estação, já que seus bares, restaurantes, hotéis e pontos turísticos funcionam o ano inteiro. Mas por ser uma cidade praiana, o verão certamente é a época em que a cidade é mais procurada, especialmente porque as praias do Oceano Pacífico têm águas bem geladas!

Roteiro turístico

O Relógio das Flores, que fica logo na entrada da cidade, é, sem dúvida, o ponto turístico mais famoso. Vale a pena dar uma paradinha para uma foto clássica! Em Viña Del Mar também fica o cassino mais antigo do Chile, inaugurado em 1930. Para quem gosta de tentar a sorte ou para quem simplesmente aprecia uma bela vista, a visita é obrigatória. O cassino fica de frente para o mar, junto a um lindo resort, com diversos bares e restaurantes, quase um centro de entretenimento à beira-mar.

Atravessando a orla de Playa Miramar, outro cartão postal da cidade, o charme da arquitetura com influências alemãs e francesas do Castelo Wullf não passa despercebido. Confira ali algumas mostras de arte temporárias, além de visitar o mirante do castelo para admirar a vista da cidade! Mas se você gosta de mais de movimento, Playa Reñaca é o point. Lá você encontrará restaurantes, bares, lojas, casas noturnas e ótimos hotéis, excelente pedida para agitar um pouco o passeio!

Documentos necessários

Atenção: para que a viagem realmente seja um sucesso, não se esqueça da documentação necessária! Saiba que para o Chile não é preciso embarcar com passaporte, bastando usar sua carteira de identidade original. Mas tem mesmo que ser a original, emitida pela Secretaria de Segurança Pública e com data de expedição de no máximo 10 anos — mais do que isso é preciso tirar uma nova! Carteiras de motorista, ou carteiras profissionais, como OAB, CRM, CREA e assim por diante, não são válidas para esse propósito! Caso você decida por levar o passaporte mesmo, lembre-se de que o documento deve ter validade de, no mínimo, 6 meses — a contar a partir da data da viagem.

De malas praticamente prontas? Então monte seu roteiro turístico definitivo e já comece a contar os dias!