Reserve pelo Whatsapp
+56 95783-3681

O que devo saber para viajar com o bebê?

Viajar com o bebê nas férias é um momento muito esperado pelos pais. Afinal, é a oportunidade de conhecer novos lugares, passar mais tempo de qualidade em família e guardar memórias de experiências com o filho que serão eternas.

Contudo, é comum possuir algumas dúvidas sobre como garantir uma viagem tranquila e sem contratempos, especialmente na primeira vez. Pensando nisso, reunimos algumas dicas úteis e infalíveis que vão ajudá-lo nessa missão. Confira!

Pesquise sobre as restrições do seu destino

Para começar, a primeira dica antes de viajar com o bebê é pesquisar sobre as possíveis restrições do local que você deseja visitar. Isso porque esse assunto costuma se tornar um problema e pegar muitos pais desavisados.

Por isso, antes de comprar passagem ou cair na estrada, informe-se sobre a necessidade de vacinação prévia, como a da febre amarela, ou eventuais surtos epidemiológicos na região, como sarampo ou caxumba.

O motivo disso é que nem sempre é possível imunizar totalmente os pequenos com menos de 180 dias, visto que muitas vacinas são administradas em doses com intervalos de meses, e expor as crianças às áreas consideradas de risco é um perigo à saúde delas.

Além disso, pesquise sobre a infraestrutura do lugar, o acesso para carrinhos de bebê e se há ou não a presença de espaços para crianças.

Prepare antecipadamente a mala

Seguiu a dica anterior e está tudo certo? Então é hora de preparar a mala do bebê com antecedência. Afinal, você não deve esquecer os itens obrigatórios para o conforto, higiene, saúde e alimentação do seu filho que serão usados durante os trajetos da viagem. Abaixo, nós fizermos uma lista com eles, confira:

  • fraldas descartáveis;
  • pomada antiassaduras;
  • lenços umedecidos;
  • babador;
  • remédios (antitérmicos, analgésicos etc.);
  • protetor solar infantil;
  • muda de roupas caso preciso trocá-lo durante o caminho;
  • mamadeira;
  • fórmula infantil.

Programe a alimentação do pequeno

Antes de viajar, analise o tempo de duração de cada percurso para programar a alimentação do seu filho. Por exemplo, se a viagem é de carro e dura três horas, você pode alimentá-lo um pouco antes de sair de casa.

Por outro lado, se a viagem é de avião e dura seis horas, o mais indicado é que ela ocorra na decolagem e na descida da aeronave. Assim, além de deixar o bebê satisfeito, você ajuda a diminuir o incômodo causado pelo barulho do motor e das turbinas — responsáveis pelas sensações de ouvido tampado e zumbido.

Não esqueça da cadeirinha para viajar com o bebê de carro

Decidiu que a viagem será, de fato, feita em um automóvel? Sem problemas! Apenas lembre-se que, de acordo com a legislação vigente do Código de Trânsito Brasileiro, é obrigatório o uso de cadeirinha infantil para transportar seu filho em um carro (até um ano de vida, o modelo deve ser do tipo bebê conforto).

Portanto, nada de deixá-lo em seu colo, hein?! Além disso, a cadeirinha deve permanecer virada para o vidro traseiro e de costas para o motorista e o passageiro da frente.

Aposte nas distrações para o seu filho

Não importa se a viagem é de carro, ônibus, avião ou barco. Quando o trajeto é longo, vale a pena investir em distrações que ajudem o bebê a se entreter e se divertir. “Mas o que pode funcionar como distração para um neném?”, você deve estar se perguntando. Bem, a resposta é simples: pelúcias e brinquedos que tenham cores chamativas, emitam barulhos e sejam fáceis de manusear.

Agora que você já sabe o que fazer antes de viajar com o bebê, não deixe de seguir nossas sugestões e garantir que suas férias sejam inesquecíveis! Aliás, por falar nelas, conta pra gente nos comentários: que lugar você planeja conhecer?